quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Salamanta



   A Salamanta ou Epicrates cenchria (nome científico)  pertence a família Boidae.Usa os poderosos músculos do corpo comprido para sufocar as presas até a morte.Suas pupilas se abrem para captar o máximo de luz a noite, fechando-se em finas faixas verticais durante o dia.Sua língua capta traços de odores e os transfere a um órgão sensitivo especial dentro da boca, onde a cobra os analisa.As escamas coloridas são cobertas por uma fina camada de pele transparente.As duas camadas de pele refletem luz de modo a uma causar interferência na outra, formando um incrível efeito de arco-íris.A cauda é preênsil capaz de se agarrar e ajuda a cobra a escalar a vegetação, permitindo que alcance a copa das árvores.
   A pesar de reluzir uma coloração mágica durante o dia, esta jiboia é, na verdade, uma criatura da noite.É uma caçadora que persegue as presas pelas florestas tropicais da América do Sul e Central.Pequenos mamíferos são ágeis, mas a jiboia os captura de surpresa, aguardando sorrateiramente no solo da floresta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário